O Canto do Cisne

10 Ago 2017

“O Canto do Cisne”, de Tchekhov

 

De Curitiba
Jul Leardini / Maria Amélia
Fotos Édier William

A peça “O Canto do Cisne”, de Anton Tchekhov, terá sua primeira apresentação nesta quinta-feira, 10 de agosto, às 20 horas, no teatro José Maria Santos, em Curitiba. A estreia será marcada por um bate-papo, logo após a peça, ocasião em que a plateia poderá conhecer um pouco mais sobre a obra do escritor russo, considerado um dos maiores contistas de todos os tempos.

A expressão “Canto do Cisne” surgiu a partir da crença antiga de que o cisne branco passava a vida toda mudo e, na hora da morte, emitia uma bela canção. A metáfora traduz exatamente o momento que vive o personagem de Tchekhov, Vassíli Vassílievitch Svetlovidov, um grande ator, que, aos 68 anos, tendo dedicado 45 deles aos palcos, faz reflexões sobre a vida e, ao mesmo tempo, sobre o papel do teatro na sociedade.

Em cenas carregadas de ironia e humor, a montagem conta no elenco com o ator curitibano Sérgio Silva (como Vassíli) e a violinista Clara Meyer. A direção é de Jul Leardini que, além de atuar na peça, imprimiu à montagem conceitos estéticos de movimentos artísticos que despontavam à época em que a obra foi escrita.

Tchekhov - Anton Tchekhov (1860-1904), juntamente com Constantin Stanislavski – o criador do Teatro de Arte de Moscou –, revolucionou o teatro mundial, apresentando novas perspectivas de atuação e encenação, notadamente nos campos do humano, do existencial e do psicológico.

Além de escritor e dramaturgo, Tchekhov era médico e dedicou-se ao povo da Rússia, atendendo gratuitamente milhares de pessoas pobres. Também criou hospitais, escolas e custeou outras atividades voltadas à comunidade. É lembrado, pelos russos, como um dos homens mais humanitários e benfeitores do país.

Ficha técnica - O texto “O canto do cisne” foi traduzido pelo professor da Universidade Federal do Paraná Walter Lima Torres e por Andrea Doré. Protagonizada pelo ator, jornalista e radialista Sérgio Silva, a montagem conta, ainda, com a participação especial da violinista Clara Meyer, no papel da sombra de Natasha, e também do próprio diretor da peça, Jul Leardini, como Nikita Ivanovitch, no papel do ponto. A equipe também é formada por: Marcelino de Mirandha, no figurino e maquiagem, Nádia Luciani, na iluminação, Salete Cercal e Loana Terra, na produção, Gerson Delliano, no apoio técnico, Édier William, na fotografia e programação visual, e Maria Amélia Lonardoni, na assessoria de imprensa.

a Redação

Marco Iba
Gestor de Conteúdo Redação Maringá

E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Política

A farra do dinheiro público

A farra do dinheiro público

10 Agosto 2017

Democracia da Conveniência   Da Redação MaringáMarco IbaFoto internet Vivemos, no Brasil, uma...

Lazer

Food Truck

Food Truck

22 Junho 2016

Festival Food Truck no dia 28 em Maringá     Loise Clemente  Lide Multimidia  Foto divulgação...

Turismo

Festival de Turismo

Festival de Turismo

20 Junho 2016

Aberto o 11º Festival de Turismo das Cataratas de Foz do Iguaçu   Da assessoriaFoto divulgaçãoFoz...

Tecnologia

Vencendo Eleições

Vencendo Eleições

26 Maio 2016

Desafio dos candidatos será  produzir propaganda com qualidade para atrair internautas   Da...

Agronegócio

Alerta geadas

Alerta geadas

23 Junho 2016

Alerta de geadas: inverno sofrerá influência de La Niña     Valéria Prochmann...

Em tempo

 

Se a sua cidade ainda não divulga conteúdos conosco não perca mais tempo. Contate com a Secretaria de Cultura de seu município e solicite inclusão

Populares

UFC cidadão

UFC cidadão

27 Maio 2016
"Ou dá ou desce"

Ou dá ou desce

26 Junho 2016
Agosto Azul

Agosto Azul

22 Junho 2016

Últimas